Arquivo da categoria: chorinhos & chorões

Milla é sempre um espetáculo

Milla Camões

Anúncios

Fotos & Músic@s

A virada dos anos 70 para os 80 foi extremamente significativa para os rumos que  o Choro tomou dali em diante. Radamés Gnattali e Camerata Carioca, novos discos, shows, novos grupos de choro e outros acontecimentos musicais marcaram a retomada do Choro naqueles anos, mexendo com tudo no gênero.

Um disco marcante daquele período fértil, pós Camerata Carioca, foi o LP Valsas e Choros (Kuarup Discos, 1979), do grande violonista Turíbio Santos. Turíbio e o Cojunto Choros do Brasil, leia-se Raphael Rabello (7 cordas), João Pedro Borges (violão), Jonas (cavaquinho) e Celso (pandeiro) desfilaram seus apuradíssimos talentos sobre um repertório irretocável de Valsas e Choros, claro.

Tive acesso, graças a João Pedro Borges,  a um belo registro fotográfico dos bastidores daquela gravação, que partilho agora com os leitores deste blog. Um achado!

Valsa e Choros

Turíbio Santos, Raphael Rabello, João Pedro Borges e Jonas

João Pedro Borges no Ch & Ch


Sinhô

João Pedro Borges, um Sinhô Violão

A propósito do último post, dando conta do CD Noites Cariocas (Kuarup) no  Chorinhos & Chorões de amanhã, dia 23/11, João Pedro Borges, um dos personagens vivos daquela empreitada disco-chorística, confirmou presença no programa.

João Pedro Borges, o Sinhô, participou ativamente como violonista, diretor artístico do primeiro espetáculo em 1987, e como editor na montagem final do CD Noites Cariocas, que saiu pela Kuarup Discos.

Sinhô, grande concertista de violão, ex-integrante da Camerata Carioca, foi figura ativa naquela virada do Choro, nos anos 70 e 80, no Rio de Janeiro, ao lado de Radamés Gnattali, Joel Nascimento, Paulinho da Viola, Maurício Carrilho, Raphael Rabello, dentre outros.  Atualmente residindo em São Luís, a nosso convite, o mestre João Pedro vai ao programa falar das curiosidades, dos personagens, do contexto daquelas noites memoráveis no Teatro Municipal, que resultaram na gravação do CD Noites Cariocas. Bom papo e música de alto nível. Imperdível

O Ch & Ch começa sempre às 9h da manhã, na Universidade FM.

Voltando a falar de Choro: domingo tem Chorinhos & Chorões

capa do Lp Noites Cariocas, domingo no Chorinhos & Chorões

De cara nova, e até  para justificar o nome, o Rico Choro – agora na plataforma wordpress – volta a falar de Chorinho. E já não era sem tempo, afinal o Choro é um dos pratos musicais preferidos deste blogueiro.

Domingo, às 9h da manhã, na Universidade FM, o Chorinhos & Chorões  relembra um belíssimo álbum, daqueles necessários a qualquer discografia de Choro que se preze. Da minha singela coleção, garanto ser um dos meus prediletos.

Trata-se da gravação de dois encontros de  geniais chorões, ocorridos em pleno palco do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, em 1987 e 88. Por isso só, e não é pouco, mereceriam um registro cinematográfico. O Choro e o Teatro Municipal, espetaculares!

Contetemo-nos com o registro em disco, pela gravadora Kuarup, daquelas duas noites, a imaginar pelo resultado sonoro conseguido, pelo clima que transparece, inesquecíveis.

Também pudera: nas duas noites, a primeira, em 87, sob direção artística de João Pedro Borges,  a segunda sob os cuidados de Henrique Cazes, em 1988, desfilaram “monstros” como Altamiro Carrilho,  Zé da Velha, Paulo Sérgio Santos, Joel Nascimento, Paulo Moura, Chiquinho do Acordeon, Paulinho da Viola, o próprio João Pedro, dentre outros.

O resultado disso tudo –  grandes “feras”, noites lindas do Rio, muita descontração, o cenário suntuoso do Municipal, repertório de lindos clássicos do choro – , com edição, também, de João Pedro Borges, virou  disco pela Kuarup, o Noites Cariocas, ao vivo no Municipal. A musicalidade dos caras dá conta das imagens que não temos. 

O Chorinhos & Chorões deste domingo vai matar saudades desse lindo material. Na manhã de domingo na Ilha, Noites Cariocas, o disco.