Chorinhos e Chorões no Chorinhos & Chorões

É isso mesmo. No terceiro programa da série especial “Agosto de Jacob”, o Chorinhos & Chorões apresenta o LP Chorinhos e Chorões, do genial bandolinista Jacob do Bandolim, gravado em 1961, pela RCA Victor.

O histórico LP Chorinhos e Chorões, marcava a estréia de um novo grupo para o acompanhamento de Jacob do Bandolim, o que até então tinha sido tarefa do Regional do Canhoto.

Mas Jacob queria e sonhava com seu próprio conjunto. Desejava ter como colocar em prática suas idéias, suas propostas musicais, definir melhor seu estilo. Queria, na verdade, ter mais autonomia, como grande criador que era. E o Regional do Canhoto já era um grupo consolidado, de renome, com pouco espaço para grandes mudanças.

Daí ter arregimentado um nova trupe de bambas. Os músicos que formavam esse novo grupo, que estreou ao lado de Jacob no LP Chorinhos e Chorões, seriam a base do que depois se tornaria o conjunto Época de Ouro. Conjunto que o acompanhou até sua Morte em 69.

Rigoroso e preciosista que era, Jacob perseguia uma formação instrumental perfeita, que aliasse boa sonoridade, talento e disciplina. Jacob era mesmo linha dura, exigente na pontualidade, no esmero musical, no número de ensaios. Vivia se reclamando de que ensaiavam pouco.
Mas olha só a formação desse regional que estreava em LP ao lado do mestre Jacob. Tinha o, ainda, jovem Jonas, no cavaquinho centro; nos violões de 6 cordas os precisos César Faria e Carlinhos Leite; no contra baixo, Luís Marinho; no pandeiro Gilberto; no tamborim, Barão; no reco-reco Pedro Santos; e no sete cordas, o inseparável Horondino, o Dino 7 cordas. Aí meu camarada, era conjunto pra nunca mais ter fim.

É tanto, que até hoje o Época está aí em plena atividade.

E de tão satisfeito com o resultado daquela nova formação, Jacob escreveu um longo texto de apresentação na capa do disco, do qual transcrevo aqui um pequeno trecho. “Creio mesmo, que a perfeição de seu acompanhamento dispensara nossos solos. Para isso cada elemento, obedecidas certas convenções, teve inteira liberdade para expandir-se e improvisar. Todavia souberam dosar seu talento, evitando cruzamentos ou perturbações à linha melódica”. palavras de Jacob do Bandolim.

De fato são notórias a qualidade, a precisão do acompanhamento desses instrumentistas. É um disco memorável, não só pelos detalhes dessa história, como pela qualidade dos músicos e pelo repertório de apurada escolha. Nisso o Jacob também era meticuloso. Santa Morena, Assanhado, Ameno Resedá, Os Cinco Companheiros, Bola Preta, dentre outros, integram o repertório desse LP memorável.

O Chorinhos & Chorões – o programa – vai ao ar neste domingo, 14 de agosto, às 9 horas da manhã, na rádio Universidade FM, 106,9.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s