Marcos Arruda se solidariza a Mané e critica PT nacional


Arruda, intelectual e ativista por uma outra economia possível

Marcos Arruda, um dos expoentes mundiais da Economia solidária, da luta por Justiça e Direitos Humanos, autor de diversos livros, um dos articuladores do Fórum Social Mundial e que, assim como Manoel, na ditadura militar foi preso e torturado à exaustão, se pronuncia em carta (abaixo) em favor do líder camponês maranhense e dos que se juntam contra a opressão imposta pelo PT nacional aos petistas do Maranhão.

Arruda é daqueles que já não acreditam que o PT de Lula e José Dirceu continue sendo um instrumento de luta dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil. Sua lógica, sustentada no que eles chamam de “centralismo democrático”, passou a ser o poder pelo poder, custe o que custar. Para Dirceu e seus asseclas os fins justificam os meios.

Leia, em seguida, a bonita e profunda carta de Marcos Arruda:

Querid@s,

Ontem saí da primeira sessão da II Conferência Nacional de Economia Solidária (II Conaes), aqui na Esplanada dos Ministérios em Brasília, e fui com Maria Cláudia visitar o nosso bravo Manoel.

Ele estava na enfermaria da Câmara de Deputados, recebendo soro e fazendo repouso. Está indignado com o tratamento que a direção nacional do PT está dando ao diretório regional do PT no Maranhão, que decidiu aliar o PT com o PSB e o PCdoB no estado para lançar candidaturas próprias ao governo, câmara e senado, rejeitando uma aliança com o PMDB para apoiar Roseana Sarney para o governo do estado. Ele sabe que o PT continua sendo comandado de forma autoritária pelo José Dirceu, com um único objetivo que é o poder do Estado, por qualquer meio, mesmo o mais espúrio. Mas Manoel achava que havia espaço no PT para a luta política e ideológica. Começa a se confirmar para ele o que para muitxs de nós já é uma realidade: o PT não é mais um meio de organização e luta política dos trabalhadores e trabalhadoras para lutar por um Brasil que queremos.

Manoel conseguiu uma importante mobilização. Líder camponês no seu estado, ele foi preso e torturado durante o governo de José Sarney no Maranhão, nos anos 60, e de novo nos anos 70 pela ditadura militar. Hoje ele é líder do cooperativismo rural no sul do Maranhão, e ativista do PT no estado. Com ele estão em greve de fome o dep. Domingos Dutra e a Terezinha. Mas Manoel é o mais idoso e vulnerável, pois já teve um AVC e tem diabetes. Nós, com a modéstia de quem respeita o Manoel como um companheiro exemplar e um ser humano excepcional, sugerimos que a vida dele não deve ser posta em risco, pois há outras formas de luta, e outras pessoas de melhor saúde que podem levar à frente a greve de fome. Ele respondeu que só espera a decisão do juiz sobre o recurso encaminhado à Justiça para sair da greve de fome. Mas ontem à noite houve uma reunião em que se construiu um acordo satisfatório, e Manoel decidiu finalizar a greve de fome.

Alívio para nós tod@s! Mas isto nos lança o desafio de colaborar com mais vigor ainda com a luta dos maranhenses contra a imposição da aliança espúria PT-Roseana Sarney no Maranhão, e pelo respeito da Direção Nacional às decisões dos estados. Sabemos que Dirceu e déspotas usam o conceito de “centralismo democrático” para dirigir o PT e outros agrupamentos de cima para baixo. A meu ver, este método só é justificável em tempo de guerra sangrenta, e assim mesmo sob condições. A meu ver, não se constrói democracia com centralismo e sem diálogo. Portanto, tudo que pudermos fazer para contribuir com a luta de Manoel, Domingos e Terezinha irá reforçar a possibilidade de uma vitória dessa luta e vai aliviar Manoel do peso moral que o levou à greve de fome. Manifestações de solidariedade com a luta dele são benvindas.

Hoje Manoel falará ao plenário da II Conaes. Depois enviarei mais notícias.

Abraços solidários,
Marcos Arruda

__._,_.___

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s