E vem aí Fhátima Santos no Projeto Clube do Choro Recebe, edição de número 100


Fhátima Santos, a convidada da centésima edição

No próximo sábado, dia 31 de outubro, o Projeto Clube do Choro Recebe completa a centésima edição. Já são mais de dois anos de atividades do Projeto, que reúne o Choro, enquanto a grande linguagem instrumental brasileira, com toda a riqueza e diversidade musical e cultural do Maranhão, do Brasil e até do planeta. Já tocaram por lá argentinos, norte americanos, mineiros, paulistas, gaúchos, cariocas, candangos, dentre outros estrangeiros.

O palco deste humilde projeto já recebeu, como é sua proposta, até pelo nome que ostenta, alguns dos maiores nomes da nossa música, entre compositores, compositoras, cantoras, cantores e instrumentistas. Nomes consagrados nacionalmente, outros jovens que despontam na nosssa cena musical. Gente de diferentes informações e influências, tratada com todo respeito, abertura e incentivo, tornando o Clube do Choro uma espécie de caldeirão musicultural, o que tem despertado na nova produção musical do Maranhão resultados já percpetíveis. Seja em novos projetos musicais que surgem, inspirados no Clube do Choro Recebe; seja no surgimento de novos palcos para a música instrumental na Ilha, algo, até bem pouco tempo, raro por aqui; seja na incorporação do choro como repertório ou como influência estética de novos nomes que estão surgindo.


instrumental Pixinguinha, o grupo anfitrião

Tudo isso por si, já bastaria para justificar um projeto como este, mas seus resultados vão além. Do ponto de vista da economia da música, deu uma mexida no mercado musical para a música instrumental em São Luís. E poderíamos falar de toda a cadeia produtiva da música que o projeto impactou. Desde os músicos, produtores, garçons, jornalistas, “vigias” de carro, proprietários de bares, enfim.

Só entre cachês dos músicos, prolabore de jornalista e produção, aluguel de som e ECAD (direitos autorais), que são as despesas que o projeto paga diretamente, por baixo, o projeto movimentou cerca de 140 mil reais. Isso sem falar dos outros elos da cadeia. Empregos para garçons, renda para flanelinhas, técnicos de som, cozinheiros, etc.

O Projeto Clube do Choro Recebe, agora sediado no bairro da Praia Grande, cenário histórico de importância e beleza ímpares, cumpre mais um relevante papel. O de valorizar o patrimônio arquitetônico e cultural da Cidade. No momento em que a Praia Grande vive um certo sucateamento, um intencional abandono, a presença do Projeto ajuda a colorir sonoramente e a ocupar aquele encantador logradouro, com a mais brasileira e universal das músicas, o Choro. Também um Patrimônio Cultural Brasileiro, a ser ainda reconhecido. Espera-se.

Para comemorar a centésima edição, uma atração especial. Leia no texto abaixo, do jornalista Zema Ribeiro, assessor de imprensa do Projeto, o anúncio do sarau do próximo sábado:

CLUBE DO CHORO RECEBE COMPLETA 100 EDIÇÕES

Data marcante será celebrada com a visita da cantora cearense Fhátima Santos, convidada de sábado (31) do projeto.

O projeto Clube do Choro Recebe completa 100 edições neste sábado, 31. A marca especial será celebrada com a voz e a presença de palco marcantes da cantora cearense nascida em Alagoas Fhátima Santos, que será recebida, na ocasião, pelos bambas do Instrumental Pixinguinha: Domingos Santos (violão sete cordas), João Neto (flauta), Juca do Cavaco, Nonatinho (pandeiro) e Raimundo Luiz (bandolim e rabeca).

“Esse projeto tem uma importância sem tamanho para oxigenar a música no Maranhão e para tornar mais bela a nossa cidade. Os músicos, a partir dele, começaram a ter um olhar mais amplo sobre os resultados para o coletivo, para o movimento choro, de como isso tem gerado resultados para todos, já que não é um projeto com dono: é de todos nós que gostamos de choro e de boa música em geral”, afirma Ricarte Almeida Santos, produtor e apresentador do Clube do Choro Recebe – e do Chorinhos e Chorões, único programa de rádio maranhense dedicado ao gênero, que vai ao ar aos domingos, às 9h, na Rádio Universidade FM (106,9MHz, audível on-line e em tempo real também pelo site http://www.universidadefm.ufma.br/).

Fhátima Santos, a grande voz do Ceará

A convidada da 100ª. edição do Clube do Choro Recebe é uma das mais versáteis intérpretes da noite da capital alencarina. “Musa dos notívagos”, para o jornalista Laécio Ricardo, Fhátima Santos passeia entre o romântico, o samba, o blues, o jazz e o bolero. Com a mesma desenvoltura e talento. No repertório de sábado, entre outros, compositores como Chico Buarque – a quem dedicou um disco inteiro – Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Noel Rosa e Cartola. O Instrumental Pixinguinha foi o primeiro grupamento maranhense de choro a gravar um disco completamente dedicado ao mais brasileiro de todos os gêneros musicais: Choros maranhenses (2006) registra composições de seus próprios integrantes e de mestre do gênero, todos nascidos no Maranhão. É a segunda vez que Fhátima Santos se apresenta no Clube do Choro Recebe. O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís e Rádio Universidade FM e parceria de JL Music Studios e Solar Consultoria.

SERVIÇO O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 100ª. edição.Quem: o Instrumental Pixinguinha recebe a cantora cearense Fhátima Santos.Quando: dia 31 de outubro (sábado), às 19h30min.Onde: Pousada Portas da Amazônia/ La Pizzeria (Rua do Giz, Praia Grande).Quanto: R$ 10,00 (entrada).Maiores informações: clubedochorodomaranhao@gmail.com e/ou ricochoro@hotmail.comApoio Cultural: TVN São Luís e Rádio Universidade FM.
Parceria: JL Music Studios e Solar Consultoria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s