João Pernambuco e Antonio Adolfo, é Nó em Pingo D’Água

A expressão popular “nó em pingo d’água” expressa a grande capacidade de alguém para executar uma tarefa difícil, quase impossível.
O Choro ou Chorinho é conhecido como um gênero musical que exige de seus executantes grande habilidade e capacidade de improvisação, tal as nuances, volteios, baixarias e até paradas inesperadas, típicas das autênticas rodas de choro. As vezes a coisa beira o desafio. Eu já pude presenciar alguns momentos assim. Não deixa de ser empolgante e alegre.
Para quem toca e chega assim pela primeira vez é sempre meio casca de banana. Aconselho a chegar de mansinho. Mas aos poucos o músico vai se achando. É verdade que o Choro se tornou pelas suas características sincréticas, que se situa entre o popular e o erudito, uma música complexa, elaborada, de difícil execução. Embora, cada vez mais procurada pelas novas gerações de instrumentistas. Aliás, é cada vez mais comum a migração dos garotos e garotas do Rock para o Choro.
Há mais de 20 anos surgiu no Rio de Janeiro um grupo de choro, de sofisticada abordagem musical, criado por jovens músicos, que se batizou com a expressão “Nó em Pingo D’Água”. Surgia uma das mais interessantes sonoridades do choro carioca.

O “Nó”, como ficou sendo chamado entre os “íntimos”, trazia uma proposta camerística, inspirada na Camerata Carioca, que por sua vez recebeu influências do maestro Radamés Gnattali. Uma espécie de guru musical para os jovens chorões das décadas de 70 e 80, que propunha explorar modernamente o Choro em suas múltiplas possibilidades. Abri-lo ao novo, como gênero e como forma de tocar.

João Pernambuco seguramente tenha sido o mais influente compositor para do violão brasileiro. Talvez porque tenha sido um dos nossos primeiros grandes violonistas e um genial compositor para o instrumento. Há quem diga que Pernambuco seja o grande fundador da escola brasileira do violão. Não é a toa que é considerado um dos compositores brasileiros que mais influenciaram Villa lobos. Depois, o repertório de Choro, especialmente o do Violão, seria bem menor ou muito diferente sem a obra e a influência de João Pernambuco.
Pensar a obra chorística de João Pernambuco interpretada pelo refinado grupo “Nó em Pingo D’Água” já seria o suficiente para nos causar grande expectativa e alegria. Agora, juntar o grande pianista Antonio Adolfo, carioca da gema, ao “Nó” nos faz lembrar – sem comparações valorativas, é claro – o encontro da Camerata Carioca com Radamés. Uma coisa popular e erudita ao mesmo tempo; meio passado, meio presente e metade futuro. Tudo junto, no mesmo tempo, agora. Assim deve ser a nova música, o novo Choro, já prenunciados por Pernambuco, por Villa, por Nazareth, Pixinguinha, por Jacob, Radamés, por Tom Jobim. Os nossos mediadores musicais no tempo e nos espaços.
João Pernambuco interpretado por Antonio Adolfo e Nó em Pingo D’Água, juntos, é uma dosagem tripla ou mais, no mesmo copo, digo, no mesmo CD, das águas caldalosas, dos rios múltiplos que correm pelas veias da nossa louca e plural música brasileira, há muito tempo. Experimente ligar na rádio universidade(106,9), domingo, às nove da manhã. É Chorinhos e Chorões, instrumental do Brasil.
Anúncios

2 Respostas para “João Pernambuco e Antonio Adolfo, é Nó em Pingo D’Água

  1. Muito bom o seu Artigo, inclusive enviei para alguns amigos apaixonados por música

  2. POR QUE DILMA?Em 12 de maio de 2008, o presidente Lula disse: “Conquistamos algo que não se mede em números, mas é decisivo para retomarmos o caminho do desenvolvimento: o País voltou a acreditar em si mesmo”. Antes de 2002, as forças conservadoras diziam através da atriz Regina Duarte: “Eu tenho medo do Lula”. Eles tinha medo de perder o poder para um ex-operário, que anos seguintes faria se tornaria no melhor presidente do Brasil. Lula foi iluminado ao dizer: ““Sabemos que temos muito a fazer, mas sabemos também que estamos no rumo certo. Aprendemos que uma boa combinação de políticas econômicas e sociais forma a base da superação de nossa pobreza secular e de nossa desigualdade entre classes sociais e regiões. Temos a certeza de que podemos avançar mais na construção de um Brasil ainda mais justo, e também na construção de um mundo melhor.”Não podemos retrocer, as conquistas do Governo Lula pertence a Sociedade Brasileira. Em 2007, mais de 1 (um) milhão de famílias adquiriu a casa própria, foram vendidos 2,5 milhões de carros, 100 milhões de celulares, 10 milhões de computadores e 32 milhões de pessoas passaram a ter acesso à internet. O brasileiro passou a ter casa, carro, celular e computador porque conseguiu a satisfação de necessidades básicas, como alimentação adequada, acesso à saúde e à educação. Mais de 9,7 milhões de brasileiros deixassem a pobreza absoluta. O Programa Bolsa Família investiu R$ 9,2 bilhões em 2007 e mudou a vida de 46 milhões de brasileiros. O Produto interno Bruto (PiB) cresceu 5,4% e que as famílias gastaram mais 6,5% em 2007. O mercado interno movimentou a cifra de R$ 1,56 trilhão.As ações do Governo Lula beneficiam todas as camadas da sociedade: redução da desigualdade, aumento da renda, qualidade de vida, avanços na educação (236 mil jovens no ProJovem (fev/08), 385 mil alunos no Prouni (abr/08) e 229 mil vagas/ano no Reuni (abr/08), mais 10 novas universidades federais, 214 novas escolas técnicas. A Educação vai receber mais de R$ 15 bilhões até 2011 para combater o analfabetismo, promover a melhoria do sistema e universalizar o ensino público brasileiro. Avanços nos Programas sociais: 11,1 milhões de famílias no Bolsa Família (mai/08), 7,9 milhões de pessoas no Luz Para Todos (abr/08), R$ 8,4 bi contratados no Pronaf, R$ 403 mi no Programa de Aquisição de Alimentos, Conta Caixa Fácil da CEF e o Banco Popular do Brasil. Emprego: 11 milhões de ocupações criadas, 8,9 milhões formais (jan/03-abr/08).Aumento do Consumo das famílias brasileiras, Investimentos recordes. Balança comercial positiva.Nos últimos dois anos, 23,5 milhões de brasileiros passaram a integrar a classe média. Índice mostra nova queda da desigualdade na distribuição de renda. O Brasil tornou-se um País menos desigual. O crescimento econômico, aliado às políticas sociais do governo Lula. Outro indicador positivo foi a redução da miséria. Cerca de 9,7 milhões de pessoas deixaram o estado de pobreza absoluta, entre 2003 e 2006.Nunca um presidente fez tanto pelo seu povo. Nós que fazemos o BLOG DA DILMA, queremos convocar a Sociedade Brasileira a lutar para continuidade de todas essas conquistas e não deixar que o PSDB venha destruir o sonho de um Brasil, numa provável eleição de um candidato tucano em 2010. O Capitalismo Neoliberal está em crise, às privatizações não deram certo em lugar nenhum, as mentiras do sociólogo Fernando Henrique Cardoso ninguém aceita mais e nem a interferência da Mídia Conservadora e Burguesa na escolha do próximo presidente da República.Por que Dilma? A Ministra Dilma Rousseff é competente, séria, idônea, mulher talentosa, experiente, organizada, pulso firme, sensível, mãe… A candidata do presidente Lula e do povo brasileiro. Dilma será a renovação da esperança de um Brasil de Todos. Dilma será a primeira mulher a se tornar presidente do Brasil, um orgulho para todas as mulheres e também para todo brasileiro.Convido você a divulgar o BLOG DA DILMA (http://dilma13.blogspot.com/). Coloque nos seus favoritos, nos links dos blogues, faça cartazes, distribua adesivos, envie e-mail para seus familiares, parentes e amigos. Participe! Não fique parado. É hora de reagir contra as Forças do Atraso.Atenciosamente,Daniel (Pearl) Bezerra de OliveiraEditor geral do BLOG DA DILMA – http://dilma13.blogspot.com/e do blog jornalístico DESABAFO BRASIL: http://desabafopais.blogspot.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s